Nossa História

Onde tudo começou

Cuiabá Esporte Clube é uma agremiação esportiva brasileira com sede em Cuiabá, no estado de Mato Grosso. O clube foi fundado em 12 de dezembro de 2001 pelo ex-jogador Gaúcho.

A história do Cuiabá começou com o ex-jogador de futebol, Gaúcho, que fundou a “Gaúcho Escola de Futebol”, na capital mato-grossense, mais conhecida como a “Escolinha do Gaúcho”.

Em 2001, ele fundou o Cuiabá Esporte Clube para disputar os campeonatos amadores de categoria de base, trazendo em seu brasão o obelisco do centro geodésico da América do Sul (Cuiabá está no coração da América do Sul).

Futebol Profissional e o primeiro título

Já em 2003, quando entra para o quadro do futebol profissional, o Cuiabá Esporte Clube chega à final do Campeonato Estadual de Mato Grosso jogando contra o Barra do Garças. O jogo aconteceu no antigo Estádio José Fragelli (Verdão), com a presença de mais de 10 mil espectadores, que de forma inédita no futebol estadual, o Cuiabá Esporte Clube conquista o título de campeão mato-grossense em seu primeiro campeonato.

Ainda em 2003, participou na série C do Campeonato Brasileiro e ficou em primeiro lugar do seu grupo na primeira fase. Na segunda fase, ganhou do Palmas-TO no primeiro jogo fora de casa e no jogo de volta no tempo regulamentar, perdeu pelo mesmo placar, fato que levou a disputa aos pênaltis onde a equipe foi eliminada.

Em 2004, sagrou-se bicampeão do Campeonato Estadual jogando contra o União de Rondonópolis, no Estádio Luthero Lopes. A equipe também foi vice-campeã da Copa Mato Grosso. Ainda neste ano, participou do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil. Oscar Conrado foi o técnico que comandou a equipe neste período. No ano de 2005, a equipe do Cuiabá Esporte Clube participou da Copa do Brasil.

Uma pequena pausa

Entre os anos de 2006 e 2008, descontente com o excesso de desmandos da Federação Mato-grossense de Futebol, e alegando falta de recursos para continuar seu projeto em virtude da não renovação do contrato com seu patrocinador, o Cuiabá anuncia o licenciamento de suas atividades.

O retorno

Em 2009, o Cuiabá retornou ao cenário do futebol disputando a segunda divisão e conquistando o vice-campeonato. Nesse mesmo ano, a agremiação também chegou ao vice-campeonato da Copa Governador, título que foi conquistado em 2010, após vitórias de 2 a 0 e 3 a 1 sobre o Operário de Várzea Grande.

Em 2011, a equipe disputa a Série D do Campeonato Brasileiro, e consegue o acesso para a Série C de 2012, após vencer os dois jogos das quartas-de-final contra o Independente de Tucuruí-PA pelos placares de 2 a 0 e 4 a 2, respectivamente.

Em 2012 foi vice-campeão estadual, contra o Luverdense, ao perder em Lucas do Rio Verde por 1 a 0, e vencer a partida em casa por 1 a 0. A decisão foi para os pênaltis e o Dourado perdeu por 4 a 3.

Mais títulos

Em 2013, o Dourado se consagrou campeão sobre o Mixto, em partida disputada no estádio Eurico Gaspar Dutra, Dutrinha, disputa também feita em dois jogos no mesmo estádio, com a mesma lotação, sete mil pessoas.

No primeiro jogo o Cuiabá perdeu por um a zero. Já na segunda partida, o dourado foi com tudo pra cima do Mixto, na busca do resultado e embalado pela sua torcida que empurrou o time até o último minuto de jogo, e venceu por 2 x 1.

Com medo de repetir os mesmos erros da final anterior, os jogadores se concentraram tanto, que o goleiro Laênio defendeu 3 pênaltis e o Dourado consagrou-se campeão pela quarta vez, desta vez em cima do seu rival da baixada cuiabana.

Em 2014, o Cuiabá foi a final novamente, desta vez contra o recém promovido para a série B, Luverdense. As duas partidas foram vencidas pelo Dourado por 1 x 0.

Copa Verde de Futebol e mais feitos inéditos

Em 2015, o clube conseguiu um feito histórico ao ser o primeiro time de Mato Grosso a ser campeão da Copa Verde de Futebol, batendo o Remo em um jogo emocionante na Arena Pantanal.

Com isso, o clube classificou-se para a Copa Sul-Americana de 2016, tornando-se assim o primeiro clube mato-grossense a disputar uma competição internacional.

Ainda em 2015, o Cuiabá venceu o Clube Esportivo Operário Varzea-grandense na final do estadual e chegou ao sexto título em 10 participações.

Em 2016, o Cuiabá não venceu o mato-grossense, porém, disputou a Copa Verde, Copa do Brasil, Copa Sul-Americana e permaneceu na Série C do Brasileiro. No final do ano, foi campeão da Copa FMF sub-21.

Em 2017, o Cuiabá novamente conquistou o caneco no estadual. Eliminou o Luverdense na semifinal e levantou a taça contra o Sinop, em pleno estádio Gigante do Norte.

Newsletter

Assine nossa newsletter e receba novidades do Cuiabá EC direto em seu email.